MP abre inquérito para investigar contrato de R$ 1,8 milhão da Prefeitura de Parnamirim com um posto de combustível

Júnior Santos
Pref Mauricio

O prefeito Maurício Marques (PDT) terá que explicar direitinho os motivos que o levaram a celebrar contrato milionário sem licitação da Prefeitura de Parnamirim com um posto de combustível da cidade. O promotor de Justiça Raimundo Caio dos Santos, da 6ª Promotoria de Justiça da Comarca de Parnamirim, que não dorme no ponto, está de olho nesse contrato.
Ele abriu um inquérito civil com o fim de averiguar a regularidade do contrato nº 029/2011, publicado no Diário Oficial do Município em 1º de abril de 2011, que teria sido celebrado sem licitação, entre a Prefeitura e o Posto Cohabinal Ltda, no valor de R$ 1.839.931,20 (um milhão, oitocentos e trinta e nove mil, novecentos e trinta e um reais e vinte centavos), para "fornecimento de combustíveis destinados à frota municipal".

Fonte: blogdovt

NOTICIAS DO RN

Autor & Editor

Somos a Agência de Notícias que há mais de uma década traz as principais Notícias do Rio Grande do Norte, Brasil e Mundo

0 comentários:

Postar um comentário

 
biz.