Moradores de rua de Natal ganham albergue municipal


Moradores de rua e pessoas em situação de risco e vulnerabilidade social ganharam no final da tarde desta sexta-feira (23), o Albergue Municipal José Augusto da Costa, localizado na rua Câmara Cascudo, 176, Ribeira. A inauguração do espaço contou com a presença da Prefeita do Natal, Micarla de Sousa e do secretário municipal de Trabalho e Assistência Social (Semtas), Alcedo Borges.
O Albergue é destinado a maiores de 18 anos e com idade inferior a 60 anos e funcionará nas dependências do antigo Hotel Central, que é um prédio de propriedade da Prefeitura. O local terá 19 quartos, com no máximo quatro pessoas em cada um, divididos entre setores masculinos e femininos. 

Os usuários da casa serão atendidos no horário das 17h00 às 9h00 do dia seguinte, com direito a jantar e café da manhã. O local terá ainda, além dos dormitório cozinha, área de serviço com máquinas de lavar roupa, salas de administração e serviço social, refeitório, banheiros com chuveiros, tudo isso distribuído na área de térreo e primeiro andar. 

"Só quem é morador de rua sabe o motivo de viver nas ruas, muitas vezes provocados por problemas de famílias, drogas, desemprego. Desejo que este albergue seja uma casa de acolhimento, para receber estas pessoas de forma alegria e principalmente com muito amor", destacou a prefeita Micarla de Sousa, que aproveitou a oportunidade para conversas com os primeiros usuários do local e inclusive participar de uma ceia natalina com eles.
"Durante o dia eles poderão participar de cursos profissionalizantes, oficinas, seminários e palestras oferecidos pela Semtas, para fazer com que tenham uma melhor perspectiva de vida, com possibilidade de ter uma renda e dessa forma não precisam mais dos serviços do albergue", informou o titular da Semtas, Alcedo Borges. 

A coordenadora do albergue, Viviane Leonídeo, informou que os usuários podem ser encaminhados para o local por meio dos mais diversos tipos de serviços sociais, sejam públicos ou de instituições da sociedade. "Eles podem vir espontaneamente,  de programas sociais da Semtas, da rede municipal de saúde e de organizações não governamentais", informou a coordenadora Viviane Leonídeo. 

Os usuários também são encaminhados pelo Centro de Referência Especializado para População em Situação de rua (Centro Pop), da Prefeitura do Natal. Este é um serviço da Semtas que oferece orientação jurídica, psicológica, social, garantia de direitos, no período de segunda a sexta-feiras, das 8h00 às 18h00 e com direito a café da manhã, almoço e lanche", informou a coordenadora do Centro Pop, Célia Figueiredo Nascimento. 

A partir desta sexta-feira (23), o albergue começa a receber usuários.Um destes é o pernambucano da cidade de Paulista, Melquesedec Pereira, de .45 anos, que em Natal estava dormindo na praça Augusto Severo , na Ribeira. 

O Albergue Municipal José Augusto da Costa é uma homenagem ao criador do Albergue noturno de Natal, instituição criada Há 57 anos para cuidar de moradores de rua. Durante a inauguração do albergue da Ribeira, compareceram os filhos do homenageado, Augusto Bernardo da C. Neto e João Freire da Costa, que administram atualmente a instituição criada pelo pai deles, já falecido. 

Pesquisa 
Dados da Pesquisa Nacional sobre População em Situação de Rua, desenvolvida pelo Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), em agosto de 2007 à março de 2008, identificou na capital potiguar, 223 pessoas em situação de rua, das quais 83% eram do sexo masculino e mais da metade, 55%, considerada adulta com faixa etária entre 25 e 44 anos. 

Inicialmente o local será destinado a 72 pessoas, em conformidade a "Política Nacional para a População em Situação de Rua". Foram investidos na reforma do Hotel Central para adequar à estrutura do albergue R$ 127.535,24, sendo R$ 11 mil oriundos de recursos da Prefeitura do Natal e o restante, contrapartida do Ministério de Desenvolvimento Social (MDS). 

Outros R$ 155 mil foram investidos pelo executivo municipal para aquisição de material permanente, com móveis e equipamentos. R$ 50 mil serão ainda investidos pelo MDS e a Prefeitura do Natal para manutenção mensal com pessoal, alimentação, água, luz e limpeza. Vale lembrar a importância da participação do Ministério nesse processo, pois é a primeira vez que o órgão federal investe em manutenção mensal, geralmente esse investimento é direcionado para o material permanente

NOTICIAS DO RN

Autor & Editor

Somos a Agência de Notícias que há mais de uma década traz as principais Notícias do Rio Grande do Norte, Brasil e Mundo

4 comentários:

  1. Essa foi a idéia melhor que essa administração poderia ter feito. Parabéns. Apesar de ruim ela ainda consegue surpreender.

    ResponderExcluir
  2. Quem assistiu ao filme À Procura da Felicidade, com Will Smith, entende um pouco do que é ter necessidade de um local para passar a noite.

    Parabéns pela iniciativa, mesmo a cidade ainda precisando de pulso firme para mudanças.

    ResponderExcluir
  3. Maristela Cristina de Almeida31 de janeiro de 2012 17:05

    vc fala isto por que não conhece a realidade,neste albergue, não tem produtos de higiene,as roupas dos albergados são lavadas so com água.os quartos sem nenhuma ventilação,não tem enfermeiros de plantão nem cuidadores para cadeirantes,já colocaram idosos e crianças...

    ResponderExcluir
  4. Mircarla posando de boazinha...Esse albergue deveria existir a muito tempo, pois é lei todo municipio de albergues para moradores de rua. E outra, o albergue aqui é um prédio velho, quente, parece um presídio...

    ResponderExcluir

 
biz.