Vereadores debatem meia entrada para estudantes na Copa 2014 em Natal

A Câmara Municipal de Natal realiza nesta quarta-feira (9) uma audiência pública para debater “a meia-entrada nos eventos da Copa 2014”. O debate foi proposto pelo vereador George Câmara (PCdoB) e ocorre a partir das 08h30min no Plenário Érico Hackradt. O encontro reunirá estudantes, representantes do PROCON/RN e da Secretaria Extraordinária para Assuntos Relativos à Copa do Mundo 2014 (Secopa), além de diversas entidades de defesa aos direitos estudantis e dos idosos preocupadas em defender a meia entrada no Mundial para ambos. De forma geral, a audiência objetiva discutir o projeto da Lei Geral da Copa, em especial o ponto que busca inviabilizar a meia entrada durante o Torneio.

             Para o Brasil, a Copa de 2014 é uma oportunidade única de o país dar um salto de modernização e apresentar não só sua capacidade de organização, como também sua força econômica. O Mundial pode transformar socialmente o país ao realizar mudanças significativas em sua infra-estrutura, mas também ao oportunizar seu desenvolvimento econômico e social em um futuro próximo.
                              O projeto da Lei Geral da Copa, que atualmente está sendo discutido, faz parte das garantias dadas pelo governo brasileiro à FIFA para a realização do Mundial em 2014. O mesmo tem provocado polêmica por desagradar à Federação em alguns aspectos, que vêm sendo negociados com o Ministério do Esporte.
                              Um dos pontos polêmicos em discussão é a meia-entrada para estudantes e idosos. A FIFA se opõe à medida, em razão da queda de arrecadação. Representantes do órgão já admitem o desconto para idosos, mas não concordam com o benefício para os estudantes. Por esse motivo, diversas entidades como a UBES e UNE (nacionalmente); UMES e APES (municipalmente e estadualmente) juntamente com os estudantes de todo o Brasil unem-se para lutar por um direito garantido por lei em nosso país.
                              Segundo o presidente da União Metropolitana de Estudantes Secundaristas (UMES), Wanderley Costa, a audiência ocorre em momento importante de fortalecimento desta luta e legitima-se como mais um Fórum de discussão desta polêmica. Para ele “é importante que todos os estudantes unam-se ao redor desta discussão, pois é preciso garantir um direito previsto em lei, como é o caso da meia entrada”. “A Copa trará inúmeros benefícios para a cidade e também para a FIFA. Desta forma, temos que garantir nosso direito de pagar meia. Não podemos retroceder”, afirma Wanderley.

NOTICIAS DO RN

Autor & Editor

Somos a Agência de Notícias que há mais de uma década traz as principais Notícias do Rio Grande do Norte, Brasil e Mundo

0 comentários:

Postar um comentário

 
biz.