HENRIQUE ALVES RECEBE EMPRESÁRIOS DO TURISMO POTIGUAR

O deputado federal Henrique Eduardo Alves recebeu, na liderança do PMDB, na noite desta terça-feira (8), o Secretário de Turismo do Rio Grande do Norte, Ramzi Elali e dirigentes patronais de vários seguimentos do turismo potiguar para discussão de uma emenda coletiva ao Orçamento Geral da União de 2012. A proposta, ainda sem valor definido, é para divulgação turística do Rio Grande do Norte no mercado interno.

Segundo o presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH-RN), Habib Chalita, a ocupação hoteleira potiguar está em torno de 50% e deverá fechar o ano em, no máximo, 65%. Ele atribuiu a ociosidade da dos hotéis do rio Grande do Norte com 42 mil leitos ( 27 mil somente em Natal), à falta de divulgação do estado junto aos brasileiros. “Pernambuco e Ceará, com redes hoteleiras inferiores a nossa, estão com melhor desempenho, graças aos investimentos permanentes em divulgação”, argumentou.
Henrique Alves se comprometeu com o secretário e empresários em defender uma das emendas da bancada, que serão discutidas com a governadora Rosalba Ciarlini nesta quarta-feira (9), para divulgação interna do turismo potiguar. “Turismo é prioridade e precisa de atenção especial, além de divulgação cosntante”, admitiu o líder do PMDB na Câmara dos Deputados.

Além do secretário Ramzi Elali e de Habib Chalita (ABIH), também participaram do encontro com o deputado Henrique Alves: George Costa, do Natal Convention Bureau; Bruno Melo, da Associação Brasileira de Empresas de Eventos (ABEOC); Paulo Cesar Galindo, do Sindicato de Hotéis, Bares, Restaurantes e Sérgio Gaspar, da Cooperativa de Turismo, responsável pela administração do Centro de Convenções de Natal.

BANCADA – A reunião da bancada federal potiguar para discutir as emendas coletivas ao Orçamento Geral da União de 2012, está prevista paras às 17h desta quarta-feira (9).

NOTICIAS DO RN

Autor & Editor

Somos a Agência de Notícias que há mais de uma década traz as principais Notícias do Rio Grande do Norte, Brasil e Mundo

0 comentários:

Postar um comentário

 
biz.