Pinterest

Advertise

Notícias do RN

Polícia

Video News

Outubro Rosa ganha adesão de várias instituições

PR/RN está iluminada para o Outubro Rosa

Durante todo o mês de outubro, a Procuradoria da República no Rio Grande do Norte (PR/RN) receberá uma iluminação diferente: a coloração rosa alerta para a importância do diagnóstico precoce do câncer de mama.

A iluminação especial foi acesa em adesão à campanha Outubro Rosa. Além da PR/RN, as unidades do MPF em todo o Brasil devem acender as luzes na referida tonalidade para a campanha.

Segundo o Instituto Nacional do Câncer (Inca), no Brasil, o câncer de mama constitui-se na primeira causa de morte dentre as neoplasias em mulheres e tanto a incidência como a mortalidade têm aumentado. A detecção precoce é fundamental para controlar o câncer, reduzir internações e a mortalidade.

De acordo com dados publicados em setembro de 2011 pela The Lancet Oncology (publicação científica na área médica, especializada em oncologia), em três décadas, o numero de casos de câncer de mama mais que dobrou no mundo. De 641.000 casos em 1980, passou para 1.643.000 em 2010. Ainda segundo o estudo, o câncer de mama matou 425.000 mulheres em 2010, das quais 68 000 tinham entre 15 e 49 anos nos países em desenvolvimento.

No Brasil, o Inca aponta que as taxas de mortalidade por câncer de mama continuam elevadas. As estimativas feitas para 2010, válidas também para 2011, foram de 49 mil novos casos de mulheres acometidas pelo câncer. 

Destas mulheres, estima-se a morte de 10 mil por ano, por fatores que vão desde a detecção tardia do câncer até a longa demora na fila de espera pelo tratamento através do Sistema Único de Saúde (SUS). No Rio Grande do Norte, o Inca estimou em 540 o número de novos casos de mulheres acometidas pelo câncer de mama em 2010.



Com a iluminação da fachada do Palácio Felipe Camarão, a Prefeitura do Natal se integra oficialmente a campanha Outubro Rosa. A iluminação do Palácio Felipe Camarão será acesa às 18h30 desta quinta-feira (6) pela prefeita do Natal, Micarla de Sousa. Além da iluminação de monumentos da cidade, será realizada uma ampla programação para divulgar a campanha e orientar à população sobre prevenção do câncer de mama.


Em Natal serão iluminado, também, o Pórtico dos Reis Magos, na BR 101, na entrada da cidade, a fonte da Praça Pedro Velho em Petrópolis. Todos os monumentos serão iluminados na cor rosa, em alusão à campanha, que recebe o apoio do município desde 2010.

A campanha foi iniciada oficial no dia 4 de outubro, com solenidade no Centro Avançado de Oncologia (Cecan). A Secretaria Municipal de Saúde vai realizar durante todo o mês de outubro, palestras educativas de esclarecimento sobre o câncer de mama em escolas, empresas, centros comunitários, órgãos públicos, praças igrejas, etc.

A SMS vai divulgar ações de apoio as pessoas portadoras de câncer de mama no atendimento psicossoal, extensivo aos familiares e a comunidade em geral e alerta sobre a importância do auto exame das mamas, com demonstração prática da “Mamamiga”.

As ações educativas incluem ainda a distribuição de folders explicativos e a realização da 1ª Marcha do Outubro Rosa, no dia 25 de outubro, que terá concentração na Praça Pedro Velho. No dia 25 de outubro, será realizada o “Evento para Vida”,a Praça Augusto Severo, na Ribeira, com show de artistas mulheres e apresentação da Banda Sinfônica de Natal.

O “Outubro Rosa teve início nas cidades de Yuba e Lodi, na Califórnia e tem como objetivo de dar visibilidade à causa do câncer de mama, a fim de conscientizar sobre a importância do diagnóstico precoce da doença.
O nome remete à cor do laço rosa que mundialmente simboliza a luta contra o câncer de mama. O Projeto consiste na iluminação de monumentos históricos. Ele tomou proporções mundiais, passando pela Torre de Pisa na Itália e o Arco do Triunfo na França e também no Cristo Redentor e outros monumentos do Brasil.

DADOS
O exame da mama é o melhor meio para detectar tumores ainda em fase inicial, possibilitando a cura em até 95% dos casos.

De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca), a mamografia periódica permite uma redução de cerca de 30% na mortalidade por câncer de mama em mulheres de 40 a 69 anos.

Grande parte da população feminina ainda não se conscientizou da importância da detecção precoce do Câncer de mama. Por esse motivo, mais de 14 mil brasileiras morreram em 2010 em decorrência da doença.

Ainda de acordo com o Inca, o câncer de mama é responsável por mais de 15% das mortes por câncer no Brasil. Por ano, cerca de 50 mil novos casos desse tipo de câncer são diagnosticados no País.

No Rio Grande do Norte, 610 casos foram detectados apenas de janeiro a agosto deste ano, uma média de quase 80 novos casos por mês. Desses, 60% já em estágio avançado, sendo mais de 200 apenas na capital.

O índice coloca o RN no quinto lugar entre os estados do Nordeste e 15º em todo o Brasil com maior índice de novos casos.
Atualmente na Liga Norte-Rio-Grandense Contra o Câncer existem 1.200 pacientes se tratando do câncer da mama.

NOTICIAS DO RN

Somos a Agência de Notícias que há mais de uma década traz as principais Notícias do Rio Grande do Norte, Brasil e Mundo.

Nenhum comentário:

Deixe o seu comentário

Arquivo de Notícias