Diário de Natal traz matéria sobre o crescimento de Nova Parnamirim

Uma matéria veiculada no Jornal Diário de Natal mostra um pouco do que vem destacando o Notícias do RN durante anos: "Nova Parnamirim expande, mas infraestrutura não acompanha".

Consequências do crescimento (resumo)

O bairro de Nova Parnamirim teve um crescimento imobiliário exorbitante nos últimos 10 anos. A grande oferta de novos empreendimentos, a proximidade do centro de Natal e os preços até então acessíveis atraíram moradores da capital potiguar para o bairro do município vizinho. De acordo com o IBGE, entre 2000 e 2010, o número de domicílios particulares passou de 7.136 para 21.192, enquanto a população aumentou de 24.952 para 54.076 pessoas. Para o corretor e empresário do ramo, Caio Fernandes, a região se tornou atrativa para construtoras por ser um dos últimos redutos próximos à capital com grandes terrenos. "Faltam terrenos grandes em outros bairros de Natal e os lugares que teriam condições de receber grandes edifícios não podem porque o Plano Diretor não permite a construção de empreendimentos desse porte. É o caso de Cidade da Esperança e Ponta Negra. Natal não tem mais para onde crescer e Nova Parnamirim se tornou uma boa opção", diz.


Gargalo
Com o aumento de 116% no número de habitantes em 10 anos os problemas com o trânsito foram inevitáveis. Um dos principais gargalos no trânsito local é a entrada e saída da Avenida Maria Dolores, continuação da Avenida Maria Lacerda. Quem trafega pela BR-101 sentido Parnamirim enfrenta um sinal para ter acesso à Maria Dolores. Neste local não existe mais horário de pico, o trânsito é lento a qualquer hora do dia. "Aquele sinal é um tormento, é horrível. Ele abre e fecha incontáveis vezes. O pior horário é entre 19h e 20h30, mas em nenhum horário do dia o trânsito ali é livre", conta Wilder Neto. Para quem vem da Avenida Maria Dolores com o objetivo de entrar na BR-101 a situação não é diferente. "Nesse trecho o motorista tem que esperar quem está vindo da BR-101 entrar na Maria Dolores para só então passar. Ali era para ser tranquilo, mas quem vai pegar a BR-101 sentido Parnamirim fecha o trânsito e não deixa quem vai pegar a BR-101 sentido Natal passar", explica o comerciante André Oliveira, 42, morador do bairro há cinco anos.
Tendência é crescer mais

As medidas paliativas tomadas pela prefeitura de Parnamirim e DNIT podem resolver o problema temporariamente, mas a questão do trânsito em Nova Parnamirim é muito mais complexa e pode piorar com o constante crescimento imobiliário. O número de habitantes no bairro deve continuar aumentando nos próximos anos tendo em vista o crescente número de lançamentos imobiliários na região. Basta circular pelas principais avenidas do bairro para perceber inúmeros prédios em construção. O corretor e empresário do ramo imobiliário Caio Fernandes estima que cerca de 3 mil novos apartamentos estejam prontos em dois anos. Se todos forem ocupados com a média de habitantes por domicílio do bairro (3,1) serão mais de 9 mil novos moradores em Nova Parnamirim e, consequentemente, mais carros.

"A gente percebe que falta planejamento, é um crescimento desordenado, não se preocupam com o futuro. Há cinco anos atrás já se previa esse boom imobiliário e não houve um planejamento para receber essas obras e os novos moradores. O trânsito hoje já é um problema sério e se nada for feito isso aqui se transformará em um caos", afirma o diretor social do conselho comunitário de Nova Parnamirim, Willen Moura.

O secretário de Trânsito de Parnamirim é categórico: "É carro demais para rua de menos". Segundo ele, há 10 anos atrás o município de Parnamirim tinha 8 mil carros registrados, e hoje tem 68 mil veículos com placas da cidade. "O número de carros cresceu significativamente e as ruas são as mesmas. Antigamente a gente encarava um trânsito na BR-101, por exemplo, e sabia que ali na frente teria um carro quebrado ou uma colisão causando o trânsito, mas hoje não, o trânsito é lento o tempo todo porque tem carro demais circulando", diz.

Resumo da Matéria de Fernanda Zauli - Diário de Natal 

NOTICIAS DO RN

Autor & Editor

Somos a Agência de Notícias que há mais de uma década traz as principais Notícias do Rio Grande do Norte, Brasil e Mundo

0 comentários:

Postar um comentário

 
biz.