Pinterest

Advertise

Notícias do RN

A mulher mais velha do RN mora em parelhas

Dona Izabel e vereadores no dia de seu aniversario.
Nascida no dia 26 de agosto de 1900 essa mulher tem história para contar. Dona Izabel Emiliana de Oliveira (foto) é moradora da comunidade Várzea do Barro, no município de Parelhas e quer o título de pessoa mais velha do RN após completar 110 anos. 
A certidão de casamento da mulher supercentenária diz que ela nasceu em 1901, mas dona Izabel garante que houve um erro no momento do registro e que ela é, na verdade, de 1900. Ela mora com três, dos nove filhos que teve. Três morreram ainda bebês. Dona Izabel diz que desde pequena trabalhou na agricultura plantando algodão, milho e feijão.
A residência que pertenceu ao pai dela é afastada do barulho de qualquer cidade. Há mais de vinte anos ela não vai à zona urbana de Parelhas e não sente a menor falta.


Neta de Felix Gomes, um dos fundadores de Parelhas, Dona Izabel apesar da idade e de já apresentar dificuldades na memória consegue narrar em detalhes muitas recordações do passado. Religiosa, diariamente escuta pela Radio Rural AM de Parelhas o oficio de Nossa Senhora, que segundo os filhos é capaz de declamar sem qualquer erro. Devota do padroeiro São Sebastião Dona Izabel canta o hino com perfeição, fazendo questão de apresentá-lo para os visitantes.


Dona Izabel tem decorado o dia de seu aniversário, gosta de receber visitas na data, mas não gosta que cantem parabéns. Na ilustre data ela sempre recebe muitas visitas. No aniversário de 110 anos recebeu a visita dos vereadores Marcos do PT e Antônio Januário Neto, que apresentaram na Câmara de Vereadores requerimento homenageando a parelhense supercentenária.

NOTICIAS DO RN

Somos a Agência de Notícias que há mais de uma década traz as principais Notícias do Rio Grande do Norte, Brasil e Mundo.

4 comentários:

  1. E eu que achava que estava velho. VIVA a Dona Izabel. VIVA.

    ResponderExcluir
  2. Ela é madrinha do meu vo (: minha parente é a mulher mias velha do mundo :)

    ResponderExcluir
  3. Astérica Pedrosa Bezerra Gonçalves, nasceu no ano de 1900 e continua viva co seus 111 anos e mora com minha família, minha mãe cuida dela há 32 anos.

    ResponderExcluir
  4. Aqueles que amamos nunca morrem, apenas partem antes de nós.João Alfredo

    ResponderExcluir

Arquivo de Notícias